Permissão de arquivos no Linux – Shell

Arquivos e pastas possuem permissões de acesso! Isso garante que não sejam acessados/modificados/apagados/criados por usuários sem tais “poderes”.

Permissões são separadas em três tipos. Sendo assim temos:

– Permissões para o usuário criador do arquivo: Owner
– Permissões para usuários pertecentes ao grupo do arquivo: Group
– Permissões para os demais usuários do sistema: Other

Quando for visualizar, verá exatamente neste Ordem: Criador-Grupo-Outros.

Lembre-se disso! Criador, Grupo e Outros!

Bem, até então está simples. Não se preocupe, ficará mais!

RWX ??

R – Read = Leitura
W – Write = Escrita
X – eXec = Execução

Voltando ao ls -l do terminal:

|Filetype| Usuário | Grupo | Outros |
|      D        |   RWX     | R – X     |   R – –    |

O primeiro carácter indica se é um arquivo, diretório ou um link.

Arquivo   = –
Diretório = d
Link         = L

Ótimo, estamos indo bem!

Antes de partimos para a forma Octal, vamos aprender como atribuir permissões aos arquivos:

utilize o comando chmod, seguido das permissões que será fornecidas.

chmod u+x myfile

Desta maneira, estamos dizendo que o Usuário Criador ganhou permissão para executar o arquivo. Isso não altera as demais permissões, simplesmente atribui.

Se não especificarmos o usuário e executarmos:

chmod +x myfile

Estamos aplicando permissões de Execução para todos! Dono, grupo e outros!

Para remover permissões:

chmod -x myfile

Para atribuir permissões Recursivamente:

chmod +x -R myfile

Vamos ao Octal.

  • 0 – Nenhuma permissão de acesso. Equivalente a –rwx.
  • 1 – Permissão de execução (x).
  • 2 – Permissão de gravação (w).
  • 3 – Permissão de gravação e execução (wx).
  • 4 – Permissão de leitura (r).
  • 5 – Permissão de leitura e execução (rx).
  • 6 – Permissão de leitura e gravação (rw).
  • 7 – Permissão de leitura, gravação e execução. Equivalente a rwx.

Com a tabelinha acima, já conseguimos entender o que é o famoso 775:


Dono | Grupo | Outros |
   7        |     7          |     5          |


O dono e os integrantes do seu grupo possuem permissão toal, os Outros usuários podem ler e executar os arquivos, mas não podem gravar sobre ele.


Se tiver mais dúvidas, deixe seu comentário. Será um prazer ajuda-los.

 

Até a próxima!

David Silva

David Silva

Consultor de TI e blogueiro, criador do Coisa Util e do Linux Saudável.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *